quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Biblioteca Municipal de Boituva é agraciada com edital da Secretaria de Estado da Cultura



O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas (SISEB) realizou em outubro e novembro, um CHAMAMENTO PARA DOAÇÃO DE “COLEÇÃO BÁSICA” para as bibliotecas públicas municipais do Estado de São Paulo. Essa doação foi  uma ação especial dentro do Programa de Apoio à Atualização de Acervos já existente no SISEB. Neste ano, foi possível efetuar uma aquisição específica para formar uma “COLEÇÃO BÁSICA” com obras atualizadas, composta por 147 LIVROS e 28 DVDs. A seleção dessa Coleção foi elaborada pelo Grupo de Difusão do SISEB, composto por profissionais que também trabalham nas bibliotecas públicas do Estado, com a coordenação da Unidade de Bibliotecas e Leitura (UBL) e da SPLeituras.

Ao todo foram recebidas 204 (duzentas e quatro) inscrições e a Biblioteca Municipal de Boituva, “Acadêmico José Monteiro Salazar” selecionada para receber o acervo.

Desde 2013, o Departamento de Cultura busca renovar o acervo municipal que se encontra obsoleto, buscando parcerias com o governo estadual. Por algum tempo muitos livros do acervo municipal ficaram sem o devido cuidado, o que gerou uma preocupação, por esse motivo foi criada a Lei Municipal n° 2354/2013 – Lei de Descarte, isso foi necessário devido ao material danificado, infectado por fungos e com conteúdo desatualizado, conforme especificado pela Comissão de avaliação de Livros.

Ao mesmo tempo desde 2013, buscando atualizar o acervo da Biblioteca Municipal, alem das doações voluntárias, cerca de 800 publicações compõe a atualização deste acervo, além do Programa “Agenda cidadã” conquistada esse ano e que facilitará a busca de publicações nas bibliotecas virtuais.

A Biblioteca Municipal de Boituva “Acadêmico José Monteiro Salazar” está situada na Rua Cel. Arruda Botelho, 311 – Centro – Tel.: (15) 3263-5312. A Biblioteca Ramal Novo Mundo funciona na Rua João de Camargo, 130 – Tel.: (15) 3363-4091 e agendamento para a Biblioteca Ramal Móvel para atendimento em Unidades Escolares, Projetos Sociais e Ações do Município de Boituva entrar em contato via e-mail biblioteca.cultura@boituva.sp.gov.br

“Boituva, uma Cidade Leitora”.

Mais de 1 mil alunos da Oficina de Artes já se apresentaram no Mês da Cultura de Boituva


Um público estimado em mais de 7 mil pessoas assistiram aos 17 espetáculos já apresentados na edição de 2014

O Mês da Cultura de Boituva chega em sua última semana confirmando o sucesso artístico que a Oficina Municipal de Artes vem desenvolvendo ao longo dos anos. Os números comprovam o sucesso: mais de 7.000 pessoas já prestigiaram o trabalho dos mais de 1000 alunos da Oficina que já se apresentaram no palco, num dos 17 espetáculos apresentados. No último final de semana, por exemplo, o Concerto em Homenagem ao Dia do Músico Boituvense emocionou todos os presentes com a apresentação do Coro “Maestro Antônio Brasil Holtz,” que prestou homenagem ao centenário de Dorival Caymmi, e da Banda Sinfônica Municipal “Zezinho Ferriello”. 

O Concerto contou com a presença do prefeito Edson Marcusso; da primeira dama do município, professora Nazaré Marcusso; e do secretário Celso Fernando Iversen (Educação). Em sua fala, o prefeito a importância na Oficina de Artes que, criada em 1991, para atender o Fundo Social de Solidariedade, se tornou mais ampla, se transformando em um projeto sócio cultural e em um polo difusor de cultura. “Hoje são mais de três mil atendimentos, através das cinco unidades da oficina, das unidades escolares, além dos projetos sociais”, disse o prefeito. 

Em sua última semana, muitas atrações são esperadas e já na sexta-feira (28) o Grupo de Teatro Teorema vem homenageando os 70 anos de Chico Buarque de Holanda, com o espetáculo “A Volta do Malandro”, que buscou inspiração no clássico “A Ópera do Malandro” para através da música, ser o fio condutor da narrativa. A montagem do Grupo Teorema marca também os 20 anos do movimento de Teatral na Oficina de Artes, que em 1994, apresentou sua primeira montagem: “A Bruxinha que era Boa”, de Maria Clara Machado, dirigido por Amauri França. 

Abaixo veja a programação do último final de semana.

28 de novembro – 20h – Teatro Musical (Sexta-feira)
Espetáculo: “A Volta do Malandro”
(Adaptação da Ópera do Malandro de Chico Buarque de Holanda)
Grupo de Teatro Teorema da Oficina de Artes

29 de novembro – Dança (Sábado)
19h – Espetáculo: “O Mágico de Oz”
Emely de Oliveira, coreografia

20h30 – Dança de Salão - Espetáculo: “Garçom”
Participação especial do Grupo de Dança de Salão da Oficina de Artes
José Adan da Silva, Luis Fernando da Silva Pinto, coreografia.

30 de novembro – 18h – Música (Domingo)
Espetáculo de Violão: “Rádio “B”oituva
Participação especial do Grupo de Viola Caipira da Oficina de Artes
Felipe Moraes, Anderson Marques da Silva, Franco Rangel de Campos Andrade, Guilherme Sparrapan Muniz , Leandro Cestari, coordenadores


Local: 
Centro Municipal de Eventos “Francisco Gianotti”
Avenida Pereira Inácio, 75 | Centro | Boituva (SP)

Informações e ingressos antecipados:
Oficina Municipal de Artes – Centro
Praça Ricieri Gianotti, 41 - (15) 3263.2316

Grupo Teorema apresenta adaptação da Ópera do Malandro


Poucas vezes a malandragem foi representada com tanta força e com toda a sua diversidade como na “Ópera do Malandro”, de Chico Buarque. O espetáculo, que foi encenado pela primeira vez no Brasil em 1978, foi a base para a criação do musical “A Volta do Malandro”, que o Grupo Teorema de Teatro apresenta na sexta-feira, 28 de novembro, às 20h, no Centro de Eventos de Boituva. Um típico cabaret dos anos de 1940, na zona do meretrício carioca, foi o ambiente escolhido pelo grupo para contar a história de Max Overseas, Duran, Teresinha, Geni e tantas outras personas e personagens que contam e cantam suas vidas, suas experiências e suas angústias em meio às mudanças políticas e sociais que o mundo está vivendo. O crescimento e o fortalecimento de Hittler na Alemanha, o início da Segunda Guerra Mundial e a política desenvolvimentista do governo Brasileiro, sob o comando do Estado Novo, de Getúlio Vargas. Chico Buarque usou e abusou de referências históricas e metáforas para driblar a censura da ditadura militar brasileira. Os temas abordados, escritos na década de 1970, ambientados nos anos 1940, não poderiam ser mais atuais: corrupção, propinas, contrabando, exploração de trabalhadores, manipulação da massa, entre outros. “Optamos por contar esta história por meio das músicas, tão populares e conhecidas de todos. Porém, poucos sabem que juntas contam uma só história, narram a intimidade de um universo rico de contradições e quebra de paradigmas”, revelou Davi Lima, ator e um dos responsáveis pela adaptação dramatúrgica do espetáculo, que foi dirigido coletivamente. Sob a direção musical de Eliana Gonçalves de Lima, que também acompanha o grupo ao piano, eles serão acompanhados ao vivo pelos músicos Mario Eduardo Nofuente (guitarra), José Augusto Ducatti (bateria e percussão) e Laércio Moretti (violão e cavaquinho). É a segunda vez que o grupo mergulha no universo do autor. Em 2012, os atores encenaram o texto “Os Saltimbancos”. Dirigidos por Glaucy Policeno, foram premiados em festivais estudantis de teatro em cidades do estado e também no Mapa Cultural Paulista. A escolha do texto foi a forma que o grupo encontrou de homenagear o autor, que em 2014 completou 70 anos, e também marcar os 20 anos do movimento de artes cênicas da Oficina de Artes de Boituva. 
Mês da Cultura 
A apresentação integra a programação do Mês da Cultura, promovido pelo Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação de Boituva. Desde o dia 5 de novembro o público pôde conferir apresentações que circularam pelo universo da dança, da música e do teatro. Os espetáculos continuam a ser encenados no Centro Municipal de Eventos Francisco Gianotti, até o dia 30 de novembro. O calendário completo pode ser acessado no site www.boituva.sp.gov.br.   
A Oficina Municipal de Artes 
O Projeto Oficina Municipal de Artes de Boituva foi criado no ano de 1991, como forma de oferecer à comunidade boituvense um espaço cultural, com o objetivo de desenvolver atividades destinadas ao desenvolvimento de habilidades artísticas. Com a Municipalização do Ensino, implantada em 1998, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes na época, incluiu a partir de 2002, a Oficina de Artes como um de seus Projetos Educacionais. Atualmente, gerido pelo Departamento de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura o Projeto Oficina Municipal de Artes de Boituva realiza cerca de 3.500 atendimentos das mais diversas expressões culturais nos cinco núcleos do Projeto, nas Unidades Escolares de Tempo Integral, NUTI, além de Projetos Sociais de Boituva.   
SERVIÇO MUSICAL
“A Volta do Malandro” Data – 28 de novembroHorário – 20h Local – Centro Municipal de Eventos de Boituva - Av. Pereira Inácio, s/n - centro Ingresso –R$4,00

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Mais de 4.500 pessoas já prestigiaram o Mês da Cultura de Boituva


E continua com muito sucesso o Mês da Cultura de Boituva, milhares de pessoas prestigiaram os espetáculos do 2º final de semana de apresentações. Quem esteve no Centro de Eventos pode prestigiar, na quinta-feira (13), dois espetáculos teatrais dirigidos por Nathalie Abreu, “A Verdadeira história de Cinderela” espetáculo infanto-juvenil e o Espetáculo Juvenil “Comédias da Vida Privada” texto de Luís Fernando Veríssimo, que narra pequenas estórias de humor sobre as ironias do cotidiano.

No dia 14, sexta-feira, tivemos a apresentação de mais um espetáculo teatral “Querido diário otário” sob a direção de Alba Mariela Defensor. No sábado (15), centenas de pessoas participaram do espetáculo: “Movimentos da Capoeira” coordenado por Leiciane Duraes de Almeida (Preta) e a noite a estreia do espetáculo de dança “Tributo ao Queen” com a participação dos alunos do Grupo de Dança da Oficina de Artes e “Brasil” ambos coreografados por Luciane Aparecida Antunes.

O domingo (16) foi marcado pelas apresentações da parceria entre a Oficina Municipal de Artes e o Núcleo da Terceira Idade de Boituva (NUTI), a primeira apresentação foi o espetáculo “A praça da alegria” do Coro do Nuti, sob a regência de Ivanilda Rodrigues M Gama, em seguida apresentou-se o grupo de teatro com a peça “A menina e o surão” sob a direção de Davi Lima e finalizando as apresentações o espetáculo “Redescobrindo o Brasil” com os alunos da Oficina de Artes, sob a coordenação de Ivanilda Rodrigues Maia e Marcos Vinícius.

Nos dois primeiros finais de semana do Mês da Cultura, apresentaram-se cerca de 700 alunos nos 13 espetáculos, que foi prestigiado por mais de 4.500 pessoas.

A terceira semana do Mês da Cultura vem recheada de grandes atrações: teatro, dança e muita música fazem parte da programação que consta em especial o Concerto em Homenagem ao Dia do Músico Boituvense, Lei Municipal n° 2.371/2013 com a apresentação da Banda Sinfônica e do Coro Municipal como informa a  programação abaixo:

20 de novembro – Teatro (Quinta-feira)
14h – Infanto-Juvenil “Um Olhar Divertido Sobre Lendas Urbanas”
20h – Adulto “Um Velório à Brasileira”
Nathalie Abreu, direção

21 de novembro – 20h – Concerto (Sexta-feira)
Concerto em Homenagem ao “Dia do Músico Boituvense” – Lei Municipal 2.371/2013
Coro Municipal de Boituva “Maestro Antônio Brasil Holtz”
Espetáculo: “O Que é Que o Baiano Tem?
Ivanilda Rodrigues Maria Gama, regente do Coro
Banda Sinfônica Municipal “Zezinho Ferriello”
Espetáculo: “Os Primórdios da Música Anasazi”
Edmilson Baia, regente da Banda

22 de novembro – Dança (Sábado)
19h – Espetáculo: “O Vale das Flores”
Paulo Wanderley de Oliveira Filho, coreografia
20h30 – Danças Urbanas - Espetáculo: “O Fantasma da Ópera”
José Roberto Teixeira, coreografia

23 de novembro – 18h – Música (Domingo)
Espetáculo: “Brasil Regional”
Daniel Lazala, Milena Lopes, Samuel Vaz, Sidnei Gama Filho, coordenadores

28 de novembro – 20h – Teatro Musical (Sexta-feira)
Espetáculo: “A Volta do Malandro”
(Adaptação da Ópera do Malandro de Chico Buarque de Holanda)
Grupo de Teatro Teorema da Oficina de Artes

29 de novembro – Dança (Sábado)
19h – Espetáculo: “O Mágico de Oz”
Emely de Oliveira, coreografia

20h30 – Dança de Salão - Espetáculo: “Garçom”
Participação especial do Grupo de Dança de Salão da Oficina de Artes
José Adan da Silva, Luis Fernando da Silva Pinto, coreografia.

30 de novembro – 18h – Música (Domingo)
Espetáculo de Violão: “Rádio “B”oituva
Participação especial do Grupo de Viola Caipira da Oficina de Artes
Felipe Moraes, Anderson Marques da Silva, Franco Rangel de Campos Andrade, Guilherme Sparrapan Muniz , Leandro Cestari, coordenadores

Local: Centro Municipal de Eventos “Francisco Gianotti”
Avenida Pereira Inácio, 75.
Informações e Ingressos Antecipados
Oficina Municipal de Artes – Centro
Praça Ricieri Gianotti, 41 - (15) 3263-2316


sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Mês da Cultura de Boituva mobilizou 290 alunos e prossegue até o dia 30

A Prefeitura de Boituva, por meio da Secretaria de Educação e Cultura iniciou no dia 05 de novembro, Dia Nacional da Cultura Brasileira, as apresentações do Mês da Cultura de 2014. Este é o primeiro ano de sua realização após a inclusão no calendário oficial de Boituva por meio da Lei Municipal n° 2431/2014.

Os espetáculos do Mês da Cultura acontecem no Centro Municipal de Eventos “Francisco Gianotti” que, em sua primeira semana contou com a participação de 290 alunos, nas expressões de Dança, Música Instrumental e Canto Coral, e cerca de 2.500 pessoas puderam prestigiar o trabalho pedagógico/artístico realizado durante o ano de 2014 pela Oficina de Artes.

Ao todo o mês de novembro, que é dedicado a Cultura, receberá 22 trabalhos artísticos, teatro, dança, música serão apresentados. Na segunda semana de atrações culturais 07 trabalhos serão apresentados ao público, e consolidando a parceria que a Oficina de Artes promove com o NUTI – Núcleo da Terceira Idade, no domingo, às 18h música, dança, teatro serão o destaque dessa união.

Já no sábado, a apresentação de Capoeira Movimentos da Capoeira” é uma ação integrada com a Semana da Consciência Negra – Lei Municipal 1825/2007. A História da Capoeira começa no século XVI, na época em que o Brasil era colônia de Portugal. A prática da capoeira ocorria em campos com pequenos arbustos, chamados na época de capoeira ou capoeirão. Do nome deste lugar surgiu o nome desta luta que foi reconhecida como arte e em 1930, após ser proibida no Brasil, passou a ser um importante esporte nacional.

“O fundamento do Mês da Cultura, não está apenas em mostrar ao público a pratica cultural realizado nas Oficinas de Artes, mas principalmente em permitir que o aluno possa ter contato com a plateia. Essa experiência aluno/plateia desenvolve o aprendizado da arte se transformando num crescimento individual e consciente do trabalho coletivo de um grupo.” Afirma Rogério Vianna, diretor do departamento de Cultura.   

Para os interessados em prestigiar os espetáculos do Mês da Cultura os ingressos deverão ser adquiridos na Oficina Municipal de Artes de Boituva – Centro - Praça Ricieri Gianotti, 41 - Centro - Fone: (15) 3263-2316 de segunda a sexta das 8h às 20h e aos sábados das 9h às 11h.

O Centro Municipal de Eventos, onde serão realizadas as apresentações tá localizado na Avenida Pereira Inácio, 75 – Centro.

O Projeto Oficina Municipal de Artes de Boituva 
O Projeto Oficina Municipal de Artes de Boituva foi criado em 1991 para oferecer à comunidade boituvense um espaço cultural com o objetivo de desenvolver atividades destinadas ao desenvolvimento de habilidades artísticas.
Com a Municipalização do Ensino, implantada no Município em 1998, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, incluiu a partir de 2002, a Oficina de Artes como um de seus Projetos Educacionais. Atualmente, gerido pelo Departamento de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura o Projeto Oficina Municipal de Artes de Boituva realiza cerca de 3.500 atendimentos das mais diversas expressões culturais nos cinco núcleos do Projeto, nas Unidades Escolares de Tempo Integral, NUTI, além de Projetos Sociais de Boituva.

Confira a Programação do Mês da Cultura:
13 de novembro – Teatro (Quinta-feira)
14h – Infanto-Juvenil - Espetáculo: “A Verdadeira História de Cinderela”
20h – Juvenil  “Comédias da Vida Privada”
Nathalie Abreu, direção

14 de novembro – Teatro (Sexta-feira)
20h – Espetáculo: “Querido Diário Otário”
Alba Mariela Rodrigues Defensor, direção

*15 de novembro – Dança (Sábado)
14h – Capoeira - Espetáculo: “ Movimentos da Capoeira ”
Leiciane Duraes de Almeida (Preta), coordenadora
19h – Espetáculo: “ Tributo ao Queen” -  Grupo de Dança da Oficina de Artes Espetáculo: “Brasil”
Luciane Ap. Antunes, coreografia”

16 de novembro - Canto Coral / Teatro / Dança  ( Convidado-NUTI) (Domingo)
18h - Espetáculo: “A Praça da Alegria”
Participação especial do Coro do NUTI – Núcleo da Terceira Idade
Ivanilda Rodrigues Maria Gama, regente do Coro
Teatro / NUTI – Núcleo da Terceira Idade : A Menina e o  Surão  - Davi Lima, direção
Dança/  NUTI – Núcleo da Terceira Idade : Dançar e Sonhar  - José Adan da Silva, coreografia
19h30 - Espetáculo: “ Redescobrindo o Brasil”
Ivanilda Rodrigues Maria Gama, Marcos Vinícius Vicente, regentes

20 de novembro – Teatro (Quinta-feira)
14h – Infanto-Juvenil “Um Olhar Divertido Sobre Lendas Urbanas”
20h – Adulto “Um Velório à Brasileira”
Nathalie Abreu, direção

21 de novembro – 20h – Concerto (Sexta-feira)
Concerto em Homenagem ao “Dia do Músico Boituvense” – Lei Municipal 2.371/2013
Coro Municipal de Boituva “Maestro Antônio Brasil Holtz”
Espetáculo: “O Que é Que o Baiano Tem?
Ivanilda Rodrigues Maria Gama, regente do Coro
Banda Sinfônica Municipal “Zezinho Ferriello”
Espetáculo: “Os Primórdios da Música Anasazi
Edmilson Baia, regente da Banda

22 de novembro – Dança (Sábado)
19h – Espetáculo: “O Vale das Flores”
Paulo Wanderley de Oliveira Filho, coreografia
20h30 – Danças Urbanas - Espetáculo: “O Fantasma da Ópera”
José Roberto Teixeira, coreografia

23 de novembro – 18h – Música (Domingo)
Espetáculo: “Brasil Regional”
Daniel Lazala, Milena Lopes, Samuel Vaz, Sidnei Gama Filho, coordenadores

28 de novembro – 20h – Teatro Musical (Sexta-feira)
Espetáculo: “A Volta do Malandro”
(Adaptação da Ópera do Malandro de Chico Buarque de Holanda)
Grupo de Teatro Teorema da Oficina de Artes

29 de novembro – Dança (Sábado)
19h – Espetáculo: “ O Mágico de Oz”
Emely de Oliveira, coreografia

20h30 – Dança de Salão - Espetáculo: “ Garçom ”
Participação especial do Grupo de Dança de Salão da Oficina de Artes
José Adan da Silva, Luis Fernando da Silva Pinto, coreografia

30 de novembro – 18h – Música (Domingo)
Espetáculo de Violão: “Rádio “B”oituva
Participação especial do Grupo de Viola Caipira da Oficina de Artes
Felipe Moraes, Anderson Marques da Silva, Franco Rangel de Campos Andrade, Guilherme Sparrapan Muniz , Leandro Cestari, coordenadores
Local: Centro Municipal de Eventos “Francisco Gianotti”
Avenida Pereira Inácio, 75
Informações e Ingressos Antecipados
Oficina Municipal de Artes – Centro
Praça Ricieri Gianotti, 41 - (15) 3263-2316

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Biblioteca Municipal é sede da Exposição Permanente de Fotos de Boituva

Imagem Integrante da Exposição

No último dia 05 de novembro, por ocasião das comemorações do Dia Nacional da Cultura Brasileira, a Prefeitura de Boituva, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, lançou para o público boituvense a Exposição Permanente de Fotos e Telas, na Biblioteca Municipal “Acadêmico José Monteiro Salazar”. 

A iniciativa tem como foco a salvaguarda da história municipal e das ações de democratização do acesso da população à cultura. A exposição é formada pelo acervo público de Boituva, com fotos e telas de caráter histórico. Ao caminhar pelos corredores da Biblioteca, os visitantes poderão contemplar os quadros e ter uma nova leitura acerca da história do município.

Inovando


Em 25 de Outubro de 1968, por meio da Lei Municipal 881/1968, foi criada a Biblioteca Municipal de Boituva, e desde então a população do município tem acesso a esse importante equipamento cultural, que conta inúmeras obras literárias, além de um espaço dedicado a pesquisa e estudos.


Em 2013, o local passou a ser denominada Biblioteca Municipal de Boituva “Acadêmico José Monteiro Salazar”, em homenagem ao jornalista e historiador que prestou relevantes serviços na organização do acervo bibliográfico municipal. No ano de 2014, através da Lei 2.444, foi regulamentada a estrutura operacional da Biblioteca Municipal de Boituva “Acadêmico José Monteiro Salazar” e suas unidades ramais, possibilitando a celebração de parcerias e convênios. 


Desde então, a Prefeitura de Boituva firmou diversos convênios com a Secretaria de Estado da Cultura, possibilitando a renovação permanente do acervo e a implantação de outras ações, tais como o Programa Viagem Literária, e Programa Agenda Cidadã, onde a Biblioteca receberá diversos computadores, que ampliarão as opções de atendimento a população.



Atendimento


A Biblioteca Municipal de Boituva “Acadêmico José Monteiro Salazar” está situada na Rua Cel. Arruda Botelho, 311 – Centro – Tel.: (15) 3263-5312. A Biblioteca Ramal Novo Mundo funciona na Rua João de Camargo, 130 – Tel.: (15) 3363-4091 e agendamento para a Biblioteca Ramal Móvel para atendimento em Unidades Escolares, Projetos Sociais e Ações do Município de Boituva entrar em contato via e-mailbiblioteca.cultura@boituva.sp.gov.br.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Programação do Festival de Natal 2014 de Boituva

Evento terá apresentações e exposições culturais, música, Casa do Papai Noel e praça de alimentação com culinária local oferecido por entidades

A Prefeitura de Boituva, através da Secretaria de Educação e Cultura, anunciou nesta semana a programação do Festival de Natal de 2014. Cumprindo a legislação municipal, a iniciativa contempla ações de preservação da cultura e dos costumes natalinos – a “Parada de Natal” (Lei Municipal 2.344) e o “Natal Musical” (Lei Municipal 2.347). 

Para esta edição, foi criado o Festival de Natal, que concentrará todas essas atividades do Natal. O formato e estrutura serão parecidos com a do Festival de Inverno de 2014, possibilitando que os munícipes possam, além de prestigiar as apresentações culturais, participar da Parada de Natal e fazer a tradicional visita a Casa do Papai Noel, saborear os pratos típicos da culinária local, colaborando com o Fundo Social e as entidades benemerentes do nosso município.

Exposição
Outra novidade será a Exposição de ícones Sacros, que terá como tema “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós”, inspirada no versículo 14, do capitulo, do livro de João na Bíblia, e que será montada pelo padre Almir Flávio Scomparim e por Julieta Luvizotto Nicolau. A abertura oficial acontece no dia 12 de dezembro, às 20h, no antigo prédio do SESI da Praça da Matriz. De 13 a 21 de dezembro o público poderá visitar gratuitamente a exposição, das 18h às 22h. 

Desfile e Vila do Natal
Já no dia 13 de dezembro, com início às 20h, teremos a abertura oficial com o Desfile de Natal que terá a presença da Caravana Coca-Cola, a Abertura da Vila de Natal. O Coro “Canta Boituva”, composto pelos alunos da Rede Municipal de Educação e profissionais da área de música da Oficina Municipal de Artes de Boituva, farão a trilha sonora na abertura deste ambiente festivo de som, luzes e encanto do Natal. 

“Este ano a Vila de Natal terá um ambiente totalmente idealizado para recriar a Magia do Natal, em um mundo lúdico carregado de muito amor, visão fraternal e encanto infantil”, disse o diretor de Cultura de Boituva, Rogério Vianna. A programação segue até o dia 21 de dezembro, trazendo vários agrupamentos musicais de estilos variados e todos relacionados com o tema natalino.

Programação Festival de Natal 2014
Natal de Som e Luz
06.12 – Dia de São Nicolau
Natal Iluminado

Exposição: “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós ” – Ícones Sacros
12.12 – Abertura –  20h  | Praça da Matriz (Antigo prédio do SESI)
Expositores; Almir Flávio Scomparim / Julieta Luvizotto Nicolau
(13 a 21.12 – visitação gratuita das 18h às 22h)

Natal em Boituva (Lei Municipal 2344/2013)
13.12 – Desfile de Natal – 20h 
Caravana Coca-Cola 
R. Cel Eugênio Motta

13.12 – Abertura da Vila de Natal – após Desfile de Natal 
Coro “Canta Boituva” dos alunos da Rede Municipal de Educação
Praça da Matriz

13 a 21.12 – Visitações a Vila de Natal – a partir das 19h
Casa do Papai Noel 
Apresentações Musicais de Clássicos Infantis
Praça da Matriz

Natal Musical (Lei Municipal 2347/2013)
17.12 - Abertura Natal Musical - a partir das 21h (quarta-feira)
Coro Municipal de Boituva "Maestro Antônio Brasil Holtz"
Camerata de Cordas de Boituva 

18.12 - Natal Musical - a partir das 21h (quinta-feira)
Coro da II Igreja Quadrangular de Boituva
Banda Jovem da Associação Cultural Pro-Arte de Tatuí

19.12 - Natal Musical - a partir das 21h (sexta-feira)
Coro do NUTI – Núcleo da Terceira Idade de Boituva
Coro da I Igreja Batista de Boituva
Corporação Lira Santa Cecília

20.12 - Natal Musical - a partir das 21h (sábado)
Banda Sinfônica Municipal "Zezinho Ferriello"
Banda Musical Regimental – CPI 7

21.12 - Encerramento Natal Musical - a partir das 16h (Domingo)
Orquestra Sanfônica da Oficina de Artes
Grupo MUVI da Oficina de Artes
Banda Templo de Proclamar
Banda Marcatto

*Todas as ações ocorrerão na Praça da Matriz de Boituva e são abertas ao público para visitação.



segunda-feira, 10 de novembro de 2014

MÊS DA CULTURA DE BOITUVA TEVE INÍCIO DIA 05 DE NOVEMBRO

FOTOS DO CORO GREGORIANO - Paróquia São Roque - 07 de novembro 



FOTOS DO ESPETÁCULO "SYMPHONIC ROCK" - Centro de Eventos - 07 de novembro 



ESPETÁCULO ALICE NO PAÍS DA MARAVILHAS - Centro de Eventos - 08 de novembro 




ESPETÁCULO FABRICA DE BONECAS - Centro de Eventos - 08 de novembro 




ESPETÁCULO BATUCAÍ!!! - Centro de Eventos - 09 de novembro 





Próximos espetáculos da Programação do Mês da Cultura:


13 de novembro – Teatro (Quinta-feira)
14h – Infanto-Juvenil - Espetáculo: “A Verdadeira História de Cinderela”
20h – Juvenil  “Comédias da Vida Privada”
Nathalie Abreu, direção

14 de novembro – Teatro (Sexta-feira)
20h – Espetáculo: “Querido Diário Otário”
Alba Mariela Rodrigues Defensor, direção

*15 de novembro – Dança (Sábado)
14h – Capoeira - Espetáculo: “ Movimentos da Capoeira ” 
Leiciane Duraes de Almeida (Preta), coordenadora
19h – Espetáculo: “ Tributo ao Queen” -  Grupo de Dança da Oficina de Artes e Espetáculo: “Brasil”
Luciane Ap. Antunes, coreografia”

16 de novembro - Canto Coral / Teatro / Dança  ( Convidado-NUTI) (Domingo)
18h - Espetáculo: “A Praça da Alegria”
Participação especial do Coro do NUTI – Núcleo da Terceira Idade
Ivanilda Rodrigues Maria Gama, regente do Coro
Teatro / NUTI – Núcleo da Terceira Idade: A Menina e o  Surão  - Davi Lima, direção
Dança/  NUTI – Núcleo da Terceira Idade: Dançar e Sonhar  - José Adan da Silva, coreografia
19h30 - Espetáculo: “ Redescobrindo o Brasil”
Ivanilda Rodrigues Maria Gama, Marcos Vinícius Vicente, regentes

20 de novembro – Teatro (Quinta-feira)
14h – Infanto-Juvenil “Um Olhar Divertido Sobre Lendas Urbanas”
20h – Adulto “Um Velório à Brasileira”
Nathalie Abreu, direção

21 de novembro – 20h – Concerto (Sexta-feira)
Concerto em Homenagem ao “Dia do Músico Boituvense” – Lei Municipal 2.371/2013
Coro Municipal de Boituva “Maestro Antônio Brasil Holtz”
Espetáculo: “O Que é Que o Baiano Tem?
Ivanilda Rodrigues Maria Gama, regente do Coro
Banda Sinfônica Municipal “Zezinho Ferriello”
Espetáculo: “Os Primórdios da Música Anasazi”
Edmilson Baia, regente da Banda
 
22 de novembro – Dança (Sábado)
19h – Espetáculo: “O Vale das Flores” 
Paulo Wanderley de Oliveira Filho, coreografia
20h30 – Danças Urbanas - Espetáculo: “O Fantasma da Ópera”
José Roberto Teixeira, coreografia

23 de novembro – 18h – Música (Domingo)
Espetáculo: “Brasil Regional”
Daniel Lazala, Milena Lopes, Samuel Vaz, Sidnei Gama Filho, coordenadores
 
28 de novembro – 20h – Teatro Musical (Sexta-feira)
Espetáculo: “A Volta do Malandro” (Adaptação da Ópera do Malandro de Chico Buarque de Holanda)
Grupo de Teatro Teorema da Oficina de Artes

29 de novembro – Dança (Sábado)
19h – Espetáculo: “ O Mágico de Oz”
Emely de Oliveira, coreografia

20h30 – Dança de Salão - Espetáculo: “ Garçom ”
Participação especial do Grupo de Dança de salão da Oficina de Artes
José Adan da Silva, Luis Fernando da Silva Pinto, coreografia
 
30 de novembro – 18h – Música (Domingo)
Espetáculo de Violão: “Rádio “B”oituva
Participação especial do Grupo de Viola Caipira da Oficina de Artes
Felipe Moraes, Anderson Marques da Silva, Franco Rangel de Campos Andrade, Guilherme Sparrapan Muniz , Leandro Cestari, coordenadores

Local: Centro Municipal de Eventos “Francisco Gianotti”
Avenida Pereira Inácio, 75
Informações e Ingressos Antecipados
Oficina Municipal de Artes – Centro
Praça Ricieri Gianotti, 41 - (15) 3263-2316