quinta-feira, 23 de junho de 2016

11° Festival de Inverno de Boituva acontece de 7 a 10 de julho

O tradicional Festival de Inverno, que faz parte do Calendário Oficial de Eventos do Município, será realizará sua 11ª edição entre os das 7 e 10 de julho na Praça da Matriz com diversas atrações.

Na abertura do evento, no dia 07 a partir das 20 horas será comemorado os 25 anos, Jubileu de Prata, da Oficina Municipal de Artes com apresentações dos alunos e professores do projeto.

No dia 08 de julho a apresentação será do Grupo de Choro do Conservatório de Tatuí e do Coro Zíper na Boca da Unicamp, a partir das 20 horas.

No sábado, dia 09, será a vez da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo se apresentar. 

No domingo, dia 10, as atrações acontecem a partir das 13 horas, com a apresentação da Escola Evolution Music Center; Banda Lira Santa Cecília; Coro do NUTI – Núcleo da Terceira Idade de Boituva. A noite, as apresentações continuam após a missa da Paróquia São Roque, com o Coro da Fundação OSESP a partir das 20h30.

Ainda durante o 11° Festival de Inverno, além das apresentações no palco principal haverá atrações no palco paralelo com voz e violão. O 11° Festival de Inverno terá ainda uma variada praça de alimentação; feira de qualidade de vida com participação das academias convidadas de Boituva e Feira de Artesanato.

PROGRAMAÇÃO 
07/07 – quinta-feira - a partir das 20 horas - 25 anos de Oficina de Artes - Jubileu de Prata com as Pratas da Casa

08/07 – sexta-feira - a partir das 20 horas - Grupo de Choro do Conservatório de Tatuí e Coro Zíper na Boca – Unicamp

09/07 – sábado - a partir das 20 horas - Banda Sinfônica do Estado de São Paulo

10/07 - domingo - a partir das 13 horas - Escola Evolution Music Center; Banda Lira Santa Cecília; Coro do NUTI – Núcleo da Terceira Idade de Boituva 20h30 - Coro da Fundação OSESP

De 07 à 10/07 após apresentação do Palco Principal haverá atrações musicais de Voz e Violão

Dia 09/07 a partir das 9 horas - Feira de Qualidade de Vida com participação das Academias de Boituva

Dias 09/07 e 10/07 a partir das 10 horas - Feira de Artesanato – Associação de Artesãos de Boituva
De 07/07 e 09/07 a partir das 18 horas - Feira de Artesanato – Associação de Artesãos de Boituva

Praça de Alimentação todos os dias a partir das 18 horas e no dia 10/07 a partir das 12 horas.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Boituva divulga a programação da nova temporada do “Cinema no Bairro”

A magia do cinema vai contagiar os moradores de Boituva. O projeto Cinema no Bairro, desenvolvido pela Prefeitura local, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, visa aproximar a população da sétima arte, contribuindo para a disseminação da cultura, além de promover a integração, entretenimento e socialização através de sessões gratuita de cinema em ambientes públicos.

Nesta semana foi anunciada a programação e os bairros que já foram programadas para esta temporada (ver abaixo). Ao todo, foram programadas sete sessões, com exibição de filmes aclamados pelo público e com censura livre para toda a família, com início sempre às 19h. “Estamos mantendo contato com associações de amigos de bairro, clubes e igrejas, para ampliarmos a frequência e programarmos mais sessões”, ressaltou o diretor do Departamento de Cultura, Rogério Vianna.

Cinema
O Cinema é arte de compor e realizar filmes para serem projetado, sendo uma das formas de arte mais marcante no mundo. A primeira exibição cinematográfica no Brasil aconteceu em julho de 1896, no Cinematographo Parisiense, que foi criado em um lugar adaptado, onde hoje funciona o teatro Glauber Rocha, no Rio. O primeiro cinema foi inaugurado em 1909, como Cine Soberano, que hoje é chamado de Cine Íris, também no Rio de Janeiro.


ACOMPANHE AS SESSÕES:
25/06 | E.M. “Antônio Módulo” - Av. São Paulo, s/n – Recanto Maravilha
16/07 | E.M.E.F. “Elizabeth Sarubbi” - R. Antônio Penatti, 100 – Res. Novo Mundo
30/07 |E.M.E.F. “Branca Selas” - R. José Rezende de Almeida, 50 – Vestena Moschione
13/08 | E.M.E.I.E.F. “José da Conceição” - R. Almério José Dorighelo, 714 – Bairro Água Branca
27/08 | E.M.E.F. “Wanderley Rosa” - R. Isaltino G da Silva, 201 – Vila Ginasial
10/09 | E.M.E.F. “Luiza Holtz” - R. Leonildo Galera, s/n – Jardim Santa Adélia
24/09 | E.M.E.F. “Vilma Penatti” - R. Carmem Violeta Ferriello Holtz, 141


Da Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Boituva
(15) 3363.8802 ou (15) 99787.5082

terça-feira, 14 de junho de 2016

Vagas Remanescentes da Oficina de Artes de Boituva - Garanta sua Vaga!!!

video

Em 08 de Julho de 2016 a Oficina de Artes comemora 25 anos.
Criada em 1991, o projeto se transformou num núcleo do saber cultural e hoje realiza cerca de 3.500 em suas unidades, projetos sociais e escolas de tempo integral

Ao todo estão sendo disponibilizadas o total de 310 vagas para as mais
diversas áreas:
Teatro, Dança, Música e Artes Plasticas.


Unidades da Oficina de Artes

Núcleo Oficina Municipal de Artes de Boituva – Centro:
Praça Ricieri Gianotti, 41 |Centro | (15) 3263.2316

Núcleo Oficina Municipal de Artes de Boituva – Parque Novo Mundo:
Rua João de Camargo, 134 | Novo Mundo | (15) 3363.1920

Núcleo Oficina Municipal de Artes de Boituva – Vila Ginasial/Jardim São Paulo:
Rua Joaquim Antônio da Silva, 250 | (15) 3363.3764

Núcleo Oficina Municipal de Artes de Boituva – De Lorenzzi:
Rua Alpheu Vianna, 197 | De Lorenzzi | (15) 3263.1945

Núcleo Oficina Municipal de Artes de Boituva – Núcleo Música e Vida:
Praça Santa Cruz, 16 | (15) 3263.2240

Alunos da Área de Música da Oficina de Artes de Boituva realizam audições entre os dias 21 e 24

Neste mês de junho, os alunos do Núcleo de Educação Musical da Oficina Municipal de Artes realizarão audições na Câmara Municipal entre os dias 21 e 24. Será uma semana de apresentações musicais de vários agrupamentos e alunos, sob a orientação dos Monitores e Instrutores de música.

De acordo com o Núcleo de Música, o repertório será diversificado, e todo ele fundamentado nas atividades técnico-pedagógicas desenvolvidas em todo o semestre. As audições têm por finalidade apresentar todo o trabalho desenvolvido com os alunos, bem como propor a avaliação de todo o processo de aprendizagem. Nesta oportunidade o monitor e/ou instrutor pode fazer a avaliação formativa de toda a metodologia aplicada. Nesse sentido, as audições podem oferecer subsídios necessários para os três tipos de avaliações: diagnóstica, formativa e somativa.

“Entendemo as audições, não somente como a apresentação do produto final (artístico), mas também um momento de avaliar, repensar e planejar novas ações pedagógicas, é que estaremos no caminho da excelência no ensino musical, além de dar visibilidade ao trabalho realizado em sala de aula”, concluiu o diretor do Núcleo de Educação Musical, Marcos Reginaldo Caldeira.

As audições serão realizadas dos dias 21 a 24 do mês de junho na Câmara Municipal de Boituva, com início às 19h30, e será aberto ao público em geral. As apresentações serão dos alunos dos cursos de cordas friccionadas, cordas dedilhadas, teclado e piano, percussão e bateria, canto coral, sopros (madeiras e metais) e acordeom.



Da Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Boituva

(15) 3363.8802 ou (15) 99787.5082

Música de Tradição e Raiz” abre espaços para sertanejos na Feira Livre em Boituva

Com o intuito de valorizar o patrimônio histórico imaterial de Boituva e resgatar a tradição da cultura caipira, a Prefeitura de Boituva, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, inicia no próximo dia 19, na Feira Livre de Boituva, o projeto “Música de Tradição e Raiz. A ação que começa às 9h da manhã, contará com a participação das duplas Paulo César e Fernando e também de Erik e Alessandro, que relembrarão em suas apresentações grandes sucessos da música sertaneja.

A proposta da Secretaria Municipal de Educação e Cultura é de difundir a memória e a diversidade cultural do interior paulista. "O Projeto visa legitimar a expressão raiz da música brasileira, a ser preservada em nome das legítimas e ricas manifestações populares e com este projeto, daremos um passo importante neste sentido" ressalta Rogério Vianna, que é o diretor do Departamento de Cultura do município.

Mais Espaço
Com esta ação, a Secretaria de Educação e Cultura cria mais um importante espaço e abre oportunidades para que expoentes da música de tradição da cidade de Boituva, possam divulgar seus talentos e a boa música sertaneja. Nos anos de 2013 e 2014, algumas ações neste formato foram realizadas por meio deste Projeto de Tradição e Raiz, até mesmo como disciplina no Núcleo de Oficina de Artes, por meio dos cursos de Acordeon e Viola Caipira. “Sentimos grande interesse pela expressão pela música de tradição e raiz, tanto por jovens como por adultos e alunos da melhor idade”, disse o diretor.

Primeiras apresentações
As ações do Projeto Música de Tradição e Raiz serão na Feira Livre de Boituva, situada na Av. Vereador José Angelo, a partir das 9h. As duas primeiras participações serão das duplas Paulo César e Fernando e também de Erik e Alessandro. A Secretaria Municipal de Educação e Cultura é que ficará responsável pela programação do evento. A participação é aberta a população.



Da Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Boituva
(15) 3363.8802 ou (15) 99787.5082

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Leitura dramática lota Sala Preta, do Setor de Artes Cênicas

Pela primeira vez, evento da instituição contou com interpretação em libras


A Sala Preta do Setor de Artes Cênicas do Conservatório de Tatuí – instituição do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura do Estado – sediou na sexta-feira, 3, uma leitura dramática. A ação abriu temporada do projeto “Realismo Fantástico” da Cia. de Teatro do Conservatório de Tatuí, marcando o início dos preparativos para apresentação do espetáculo “O Apocalipse ou o Capeta de Caruaru”, de Aldomar Conrado.
A leitura dramática reuniu atores da Cia. de Teatro do Conservatório de Tatuí e alunos do setor de artes cênicas, sob direção de Dalila Ribeiro e coordenação de Rogério Vianna. O evento lotou o espaço e, pela primeira vez, teve interpretação em libras. “Recebemos um grupo de alunos da escola ‘José Celso de Mello’, o que nos permitiu realizar uma ação antes da leitura. Uma palestra sobre dramaturgia e a estrutura de um texto teatral foi realizada para que os alunos pudessem entender um pouco de como é um texto teatral. Outra atividade inédita, tanto para a escola como para o setor, a participação de uma aluna com deficiência auditiva que pode acompanhar a leitura por meio de uma intérprete de libras”, destacou Rogério Vianna.
A realização da Leitura Dramática busca fomentar a compreensão do texto dramático. Trata-se da primeira fase do projeto “Realismo Fantástico”, objeto de trabalho da companhia, que escolheu esse título diante da pesquisa realizada por meio da obra de Aldomar Conrado na qual a fusão entre a realidade narrativa se mistura com elementos fantásticos e fabulosos, não tanto para reconciliá-los como para exagerar sua aparente discordância. A segunda etapa do projeto será realizada por meio de sarau (agendado para o dia 29 de junho) e a terceira e última, terá início em 23 de setembro com a estreia do espetáculo.
A Cia. de Teatro é integrada por quatro atores e por 15 alunos convidados. No ano passado, o grupo desenvolveu trabalho com obras de Plínio Marcos, que apresentam personagens que se mostram à margem da sociedade. “Em 2016, a pesquisa em torno da temática proposta pela Cia supõe uma noção comum de ‘realidade’, trazendo implícito um questionamento da ‘verdade’”, destaca o coordenador Vianna.
“A ideia da Cia é que, após ter acesso aos personagens marginalizados de Plínio Marcos, agora aprofunde a verdade e o fantástico, não se esquecendo da profissão do ator que busca a reflexão do público e de si mesmo, dentro da coletividade”, afirma ele.
O Realismo Fantástico sempre esteve presente na literatura, mas foi desenvolvida com esplendor na literatura latinoamericana dos anos 60 e 70. Desta forma, o realismo fantástico surge como uma forma de reação, utilizando o elemento mágico como reforço das palavras contrárias aos regimes dos ditadores. Outro aspecto que influenciou o realismo mágico foi a discrepância entre cultura da tecnologia e cultura da superstição que havia na América Latina naquela época.
O texto faz alusão à crítica social política brasileira escrita por Conrado entre os anos de 1967/68, que se apresenta recente no cenário político nacional, porém, a obra do dramaturgo homenageia a cultura nordestina, riquíssima em imaginação e na cultura popular. A obra foi inspirada em dois livros de William Shakespeare: “A Comédia dos Erros” e Macbeth”.
Sobre o Conservatório de Tatuí – O Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos de Tatuí é uma instituição do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura do Estado administrado pela Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí. Fundado em 1951, é uma das mais importantes ações na área de cultura no país. Oferece formação profissional em música, luteria e artes cênicas. Sua única extensão fora do município de origem é o Polo do Conservatório de Tatuí em São José do Rio Pardo.
Apoio Cultural – No ano de 2016, o Conservatório de Tatuí orgulha-se em receber apoio cultural da Coop e CCR SPVias.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Prefeitura de Boituva divulga agenda cultural do mês de junho































Nos dias 03 e 04 a Feira de Artesanato que vem atraindo centenas de pessoas estará montada na Praça da Matriz das 10 às 20 horas, acompanhando as ações da Semana do Meio Ambiente. No dia 04, haverá também na Praça a apresentação do Grupo de Danças Urbanas da Oficina Municipal de Artes e a presença da Biblioteca Móvel.

A Biblioteca Municipal Central e a biblioteca ramal do bairro Novo Mundo receberão sarais culturais nos dias 14 e 15 respectivamente aberta ao público com entrada franca.



Entre os dias 17 e 19 acontece o Projeto CinemAção desenvolvido pela Lei de Incentivo a Cultura de Boituva, no Centro de Formação do Magistério das 14 às 18 horas. O proejto CinemAção foi um dos projetos selecionados pela LINC 2015, desenvolvido pela proponente Hanalee Vieira da Mota e tem como objetivo realizar oficinas, mostras e outras atividades voltadas para o cinema e o audiovisual em cidades do interior, através de atividades direcionadas para diversos públicos, como oficinas, debates, palestras, o projeto pretende discutir diversos temas de cunho artístico, político e social através do cinema. Além disso, o projeto abre espaço para produções audiovisuais regionais através das mostras que serão realizadas juntamente com algum circuito de atividades, podendo ter temas e públicos diferentes. Os interessados em participar devem realizar a inscrição através do link https://docs.google.com/forms/d/1zFWDuje4jLq4-nzWl77XRxMPzIWrmHCyiNtHCno0mfk/viewform?c=0&w=1&usp=mail_form_link


No domingo, dia 19, na feira livre será realizado às 10 horas o projeto “Música de Tradição e Raíz”, com apresentações musicais abertas ao público.

O mês de junho reserva ainda, a exemplo do que aconteceu nos anos anteriores, as audições doa alunos de música da Oficina Municipal de Artes. As apresentações acontecem de 21 a 24 na Câmara Municipal com entrada franca. As audições têm por objetivo mostrar o conteúdo desenvolvido junto aos alunos do Núcleo de Música durante todo o semestre.

Roteiro Biblioteca Móvel
A Biblioteca Móvel percorre as escolas municipais dentro do projeto de incentivo a leitura desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Confira o cronograma:

Dia 03 – EMEF Branca Selas Agostinho
Dia 08 – EM Antonio Modolo
Dia 10 – EMEF Hélio Zacarias
Dia 15 – CAENA Novo Mundo
Dia 17 – EMEF Iris de Castro Amadio
Dia 22 – EMEF Elisa F. Da Silva Mello
Dia 24 – EMEF Esmeralda Bertoldi Labronici

Mais informações podem ser obtidas no Espaço Cultural, que está localizado na Praça Santa Cruz, 16, Boituva/SP, pelo telefone (15)3263-2240 ou ainda pelo email cultura@boituva.sp.gov.br



Da Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Boituva
(15) 3363.8802 ou (15) 99787.5082