terça-feira, 22 de novembro de 2011

22 de Novembro, Dia da Música

Nesta terça-feira, 22 de novembro é comemorado o Dia da Música. A palavra música vem do grego "mousikê", que tem como significado, a arte das musas.

Não se sabe ao certo quando a música surgiu ou como os homens passaram a utilizar instrumentos para deles extrair ritmo, som, melodias. Diferentemente de outras manifestações primitivas da arte, como as pinturas que ficavam gravadas nas cavernas, a música não podia ser registrada. Sendo assim, fica ainda mais difícil tentar delimitar o "nascimento" dessa expressão.

Porém, pode-se afirmar que os homens pré-históricos ainda não dominavam técnicas artesanais suficientes para fabricar instrumentos musicais, embora já usassem as mãos e pés para marcar ritmo em celebrações de guerra e rituais. E é esse ritmo que interessa observar, porque a partir dele o homem vai começar a buscar outras manifestações, como assobios, uivos, gritos, que, dentro de uma medida de tempo, vão compor a música em seu estilo mais primitivo.

O dia 22 de novembro é também o dia de Santa Cecília uma santa cristã, padroeira dos músicos, pois quando ela estava morrendo, ela cantou a Deus. De família nobre italiana é uma cristã desde a infância". Ela foi dada em casamento,contra a vontade,a um jovem chamado Valeriano. Estando só com o noivo, disse-lhe, Cecília com toda a amabilidade e não menos firmeza: “Valeriano, acho-me sob a proteção direta de um Anjo que me defende e guarda minha virgindade. Não queiras, portanto, fazer coisa alguma contra mim, o que provocaria a ira de Deus contra ti”. A estas palavras, incompreensíveis para um pagão, Cecília fez seguir a declaração de ser cristã e obrigada por um voto que tinha feito a Deus de guardar a pureza virginal. Valeriano, ficou "vivamente impressionado" com as declarações da noiva, respeitou-lhe a virgindade, converteu-se e recebeu o batismo naquela mesma noite. Ficou viúva devido ao assassitado do marido que foi decapitado. Cecília após a morte do marido teve de comparecer na presença do juiz que lhe intimara a revelar onde se achavam escondidos os tesouros da família do marido. Cecília respondeu-lhe que os sabia bem guardados, sem deixar perceber ao tirano que já tinham achado o destino nas mãos dos pobres. Até sua morte muitas tentativas de assassina-la cairam por terra, e pregava a beleza da religião de Cristo. Depois de muitas tentativas de assassiná-la Cecília é mortalmente ferida. Aos cristãos que a vinham visitar dava bons e caridosos conselhos. Ao Papa entregara todos os bens, com o pedido de distribuí-los entre os pobres. Outro pedido fora o de transformar a sua casa em igreja, o que se fez logo depois de sua morte".

A Igreja ocidental, como a oriental, têm grande veneração pela Mártir, cujo nome figura no cânon da Missa. O ofício de sua festa traz como antífona, resposta, em geral cantada em canto gregoriano, a um Salmo, ou a outra parte da liturgia, como as Vésperas ou uma missa, um tópico das atas do martírio de Santa Cecília, as quais afirmam que a Santa, nos festejos do casamento, ouvindo o som dos instrumentos musicais, teria elevado o coração a Deus nestas piedosas aspirações: “Senhor, guardai sem mancha meu corpo e minha alma, para que não seja confundida”. Desde o século XV, Santa Cecília é considerada padroeira da Música Sacra Sua festa é celebrada no dia 22 de Novembro, dia da Música e dos Músicos.


Informações extraídas dos seguintes sites:
http://www.promusica.org.br/jornal/129/diamusico.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Santa_Cec%C3%ADlia
http://www.exitorio.com.br/exitonoticias/ntc4440,22-de-novembro-dia-da-musica.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário